21/10/2011


Renovar o tempo

Meu coração tem memória e saudade
E como um velho cansado pela idade
Bate e salta com o mais breve olhar
Da noite ou da brisa fresca ao passar.
Nele moram as lembranças passadas
E vividas do que não conseguiu ser.
Nele,  janela noturna, dia a nascer
Está um outro renovado mundo;
Estou eu e tu e o que havemos de ser
Nesse tempo, que se vai ao renascer!
E para meu triste descontentamento
Tudo se renova num fugaz momento.
Oh! Quem me dera ter  o condão,
ainda que como um aceno de mão,
Um aroma breve do pensamento
Fizesse  parar-me noutro tempo!

4 comentários:

  1. O tempo afasta-nos destas belezas a que estavamos habituados: obrigada por mais uma das tuas pérolas!!
    (ainda não desisti de te convencer a publicá-las... mas novamente o tempo a obrigar ao adiamento :(

    ResponderEliminar
  2. Muito bom. Fantástico, na verdade. Tempo? Bom seria se o houvesse tão-somente na dimensão do desejo. Mas ele está tão - fora de nós.

    Bj

    Lícia

    ResponderEliminar
  3. Blogs About Success , Motivational , Inspirational , Poems , Love , Life.

    Check It Out.

    http://godessofpoem.blogspot.com/

    ResponderEliminar